CÓDIGO DA FONTE ESPECIAL: CÓDIGO BIBLIOTECA AJAX:

3 de fevereiro de 2017

Vida Consagrada: “O desafio não é fazer-se pequeno diante do Senhor, mas fazer-se pequeno diante do outro”

21º Dia Mundial da Vida Consagrada recorda ação de graças e oração pelo dom das vocações

Nesta quinta-feira, 2 de fevereiro, a Igreja Católica celebra o 21º Dia Mundial da Vida Consagrada, data em que também é comemorada a festa da Apresentação do Senhor. De acordo com a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, neste ano, o Dia Mundial da Vida Consagrada ganhou um significado particular de ação de graças e oração pelo dom das vocações. 

Em entrevista ao Programa Brasileiro da Rádio Vaticano, o prefeito da Congregação para a Vida Consagrada, cardeal João Braz de Aviz, fala sobre com qual espírito os consagrados são convidados a viver o 21º Dia Mundial da Vida Consagrada. De acordo com ele, o desafio não é fazer-se pequeno diante do Senhor, mas fazer-se pequeno diante do outro. “Nós temos que saber reconhecer o que Deus quer de nós, a maneira mais concreta de fazer isto, é fazer como o Senhor fez, isto é, abaixar-se, ser pequeno”, enfatizou.

Para dom João Braz de Aviz, o momento para os consagrados é de renovação. “O papa nos incentiva muito a essa renovação, então a gente não deve ter medo das dificuldades, porque a nossa perseverança terá que ser igual a de Jesus até a sua entrega na cruz por nós, então a nossa perseverança terá que ser assim”, pontuou.

Além de ser um dia dedicado a ação de graças e oração pelo dom das vocações, a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades Apostólicas também destacou que este ano, o Dia Mundial da Vida Consagrada deve ter como inspiração a perspectiva do Sínodo dos Bispos, a ser realizado em 2018, cuja temática é dedicada ao jovem e seu discernimento vocacional. Sobre esta proposta, o cardeal afirmou que a Congregação está estudando a questão da escassez de vocações e também o alto índice de abandono da vida religiosa, por isso, concentra os esforços na juventude.

No Brasil, o arcebispo de Porto Alegre e presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Jaime Spengler, que é membro da Congregação cujo prefeito é o cardeal Aviz, divulgou mensagem de reconhecimento ao empenho, à dedicação e à determinação dos consagrados no processo de evangelização, nas mais distantes realidades do Brasil. “A Igreja no Brasil agradece a dedicação desses irmãos e irmãs consagradas pela cooperação imprescindível na obra da evangelização. A entrega radical de vida, por causa do reino dos céus, é um sinal eloquente da presença de Deus entre nós, compreensível a todos os homens e mulheres de boa vontade”, destacou.

A presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), irmã Maria Inês Ribeiro, também falou sobre a importância do dia. “Para nós aqui no Brasil, para a vida religiosa do Brasil é um dia muito importante, porque também podemos dizer que é o início da vinda de Jesus como libertador, salvador, aquele que vem justamente para o meio do povo e a Vida Consagrada é isto, é justamente consagrar à serviço da humanidade para estar no meio do povo, para evangelizar e para ser realmente resposta onde a vida mais clama”, pontuou.

Mensagem do papa

Na tarde desta quinta-feira, 02, o papa Francisco celebra a Santa Missa na Basílica Vaticana com os consagrados residentes em Roma. Hoje pela manhã, em encontro com os grupos presentes na Sala Paulo VI, o pontífice fez uma indicação: “Recomendo à oração dos fiéis os sacerdotes, as freiras e os irmãos dos Institutos Religiosos apostólicos e contemplativos. Que a vida deles dedicada ao Senhor e seu serviço carismático produza frutos abundantes pelo bem dos fiéis e pela missão evangelizadora da Igreja”.

Fonte: CNBB

Nenhum comentário:

Postar um comentário